E a ciência atropela a teologia de novo…


O argumento cosmológico para a existência de Deus, aquele que diz que o Universo tem que ter tido um início e uma causa, é uma das principais armas de Craig e outros apologetas em debates, tanto que Craig dedicou doislivros inteiros a ele. Uma premissa vital do argumento, a mais discutida e aquela sobre a qual a maioria dos esforços dos filósofos cristãos se concentra é a que afirma que a existência do Universo teve um começo. E enquanto Craig está lá se contorcendo para usar o Big Bang como prova desse começo absoluto ou tentando arrumar um argumento a priori, a ciência, que está cuidando da sua vida, chega com essa hipótese fantástica e arrasadora: alguns buracos-negros podem ser mais velhos que o Big Bang!!! E isso é muito mais bonito, grandioso e instigante que a hipótese de que o Universo começou ali, apenas 14 bilhões de anos atrás, por vontade de um Ser que ficou entediado com a eternidade…

Anel de buracos-negros resultante de choque de galáxias! A ciência é muito mais fascinante! Cliqem na imagem para ver a história completa. Ah, a propósito, nessa escala aí, todo nosso sistema solar não é maior do que um pixel dessa foto...

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: